Teste de Velocidade da Internet

O Guia Definitivo

Há muitas variáveis a considerar quando se trata de obter as melhores velocidades possíveis de internet. E quando algo corre mal com o seu sistema e começa a experienciar velocidades de internet invulgarmente lentas, o processo de resolução do problema pode ser complicado e exaustivo.

É por isso que criámos o Guia Definitivo para a Velocidade da Internet e da Conectividade. Iremos levá-lo passo-a-passo ao longo do caminho que necessita percorrer para ficar a conhecer o que necessita saber sobre a internet, para que possa reparar o seu sistema e melhorar a sua internet lenta.

Velocidade da Internet e Conectividade: O Guia Definitivo

Capítulo 1:Velocidade da Internet - Teste 101

O teste de velocidade da internet é a ferramenta a que deve recorrer que irá ajudá-lo ao longo do processo de medir e resolver os problemas de velocidade da sua internet. O teste de velocidade pode dizer-lhe as velocidades exatas que tem num determinado momento, sendo o primeiro passo para constatar quais os problemas que possam estar a afetar a sua internet. Com o Speedcheck é fácil desempenhar testes de velocidade, e os registos de cada teste que realiza serão convenientemente armazenados para que possa revê-los a todos posteriormente.

Velocidade da Internet - Teste 101

Tem problemas com a internet? Tem de lidar com internet lenta, ou páginas web que demoram demasiado tempo a carregar? Não há nada mais frustrante do que aguardar e aguardar - e aguardar! – para que a página carregue, ou lidar com uma internet tão lenta que na realidade o atrasa incomensuravelmente. Felizmente, é fácil realizar um teste à velocidade da internet, e este pode dar-lhe algumas ideias sobre o que possa estar a passar.

Iremos fornecer-lhe alguma orientação sobre como resolver o problema da sua conexão de internet lenta, mas comecemos com a ferramenta mais importante: o teste de velocidade.

Realizar um Teste à Velocidade da Internet


Quando a sua internet parece estar lenta, um teste de velocidade da internet é uma das ferramentas que necessitará para resolver o problema que possa estar a causar esse desempenho mais vagaroso. Um teste de velocidade é essencialmente um medidor da velocidade da internet que dá-lhe uma leitura real do quão rápido o seu computador realiza os donwloads e uploads de dados na internet.

É importante possuir estas medições exatas, porque as velocidades lentas de download e upload podem indicar um problema com o serviço que lhe fornece a internet, ou potencialmente um problema no router. Por outro lado, se um teste de velocidade revelar que as suas velocidades de internet são normais, isto pode indicar que pode haver um problema com o website que está a tentar aceder, ou que talvez as suas velocidades de internet não sejam suficientemente altas para suportar o tipo de navegação que está a realizar.

Os testes de velocidade da internet são fáceis de executar, demoram apenas alguns segundos e são gratuitos com o Speedcheck.

Utilizar o Speedcheck para Testar a Velocidade da Sua Internet


Verificar a velocidade da sua internet é tão simples como dirigir-se a Speedcheck.org, clicar no botão azul “Iniciar Teste”, e deixar que o teste se execute. Aguarde até à conclusão do teste, e depois verá três medições refletidas no topo do seu ecrã:

  • A latência indica o atraso em tempo que os dados demoram a viajar até ao seu destino. A latência é medida em milissegundos, e falando de uma forma geral, qualquer latência abaixo dos 100ms é boa. As latências mais elevadas, tais como as superiores a 200ms, podem causar atrasos quando desempenha atividades como o chat de vídeo com outras pessoas, e pode fazer com que a sua internet pareça ainda mais lenta do que é.
  • A velocidade de download, medida em Mbps, indica o quão rápido o seu dispositivo descarrega os dados da internet. Se a sua velocidade de download não for suficientemente rápida para suportar as atividades que está a realizar, como ver vídeos ou jogar jogos, então pode parecer que a sua internet é lenta ou tem um atraso.
  • A velocidade de upload, também medida em Mbps, refere-se à velocidade a que o seu dispositivo consegue carregar dados para a internet. A sua velocidade de upload afeta o quão rápido os ficheiros grandes, tais como fotos ou vídeos, irão carregar.

É importante verificar regularmente a velocidade da sua internet por uma série de motivos:

  1. O seu contrato ISP especificará as velocidades de download e upload prometidas, mas pode dar-se a realidade de não desfrutar exatamente destas velocidades. Na realidade, as suas velocidades podem ser muito mais lentas do que as velocidades contratadas, o que pode afetar a funcionalidade da sua internet e a sua capacidade de navegar pela internet.
  2. Pode obter essas velocidades prometidas durante determinados períodos de tempo durante o dia, mas não durante outros. A única forma de determinar o quão bem está a funcionar a sua internet é executando um teste de velocidade em diferentes alturas do dia. Pode ver que o seu dispositivo abranda durante as horas de pico, e depois acelera novamente já tarde durante a noite ou bem cedo pela manhã quando estão menos pessoas online.

Para obter uma noção de como são realmente as velocidades da sua internet, você terá de executar múltiplos testes de velocidade a diferentes horas do dia. Com o Speedcheck.org, todos os seus testes de velocidade anteriores são registados, portanto, pode ver convenientemente todos os resultados de uma só vez.

Por exemplo, digamos que o seu contrato ISP diz que receberá velocidades de download de 50 Mbps e velocidades de upload de 10 Mbps. Você executa uma série de testes e descobre que tem velocidades de download de 48.9 Mbps e velocidades de upload de 9.4Mbps. Essas velocidades são muito boas, e estão muito perto das velocidades prometidas. Contudo, se executar os testes e descobrir que ao invés de ter velocidades de download de 50 Mbps, você só obtém uma velocidade de download de 4.5 Mbps, essa diferença terá um impacto significativo na funcionalidade da sua internet e indica que há, algures, um problema no sistema.

Velocidades de download ou upload invulgarmente lentas podem indicar um problema com o seu fornecedor do serviço de internet, a sua conexão, ou podem simplesmente ocorrer durante uma hora do dia em que muitas pessoas utilizam a internet. Se executar múltiplos testes e descobrir que as suas velocidades são consistentemente baixas, então isto pode indicar um problema que deve endereçar se quiser navegar na internet sem atrasos, tendo de esperar que as páginas carreguem, ou encontrando problemas de carregamento quando vê vídeos.

Compreender a velocidade da sua internet é apenas um passos na resolução de problemas da sua internet lenta. Quanto mais compreender sobre as velocidades de internet com as quais está a trabalhar, mais rápido conseguirá determinar quais os problemas que possam estar a causar as velocidades lentas ou um fraco desempenho. A partir daí, poderá reparar os problemas com a sua internet e melhorar o desempenho (e fiabilidade) da sua internet.

Mas o que são exatamente os Mbps? E como é que repara a conexão lenta da sua internet? Aqui tem alguma informação que irá necessitar saber e algumas ferramentas adicionais para ajudá-lo a acelerar a conexão da sua internet.

Capítulo 2:O Básico Sobre a Conexão de Internet

Para reparar a sua internet lenta, você deve compreender alguma informação sobre os diferentes tipos de conexão à internet. Desde os diferentes ISPs que pode escolher até à forma como a velocidade da internet é medida, aqui tem a informação detalhada que explica como funciona a internet. Também iremos cobrir as diferenças entre velocidades de download e upload, para que possa utilizar os resultados do seu teste de velocidade para compreender melhor o quão rápido a sua internet está a funcionar.

O Básico Sobre a Conexão de Internet

Compreender o Básico Sobre as Conexões de Internet


Comecemos com uma visão geral de como a internet funciona, para que possa compreender o que estamos a tentar fazer enquanto resolvemos os seus problemas de internet.

Os dispositivos, como os computadores, smartphones e tablets, conectam-se à internet através de uma série de diferentes formas, incluindo um fio no subsolo, conexões celulares, ou inclusive um satélite. Uma vez conectados, os computadores podem comunicar uns com os outros, e você pode partilhar e ver informação com terceiros de todo o mundo em apenas segundos.

Para conectar-se à internet, o seu dispositivo pode conectar-se através de um Fornecedor de Serviço de Internet (um ISP) ou utilizando os dados móveis do seu smartphone conectando o seu dispositivo à internet. Quando liga um dispositivo com o seu smartphone, está essencialmenet a ligar o seu smartphone a um hotspot móvel. Apenas determinados fornecedores e planos permitem essa conexão, e deve estar consciente que utilizar o seu smartphone como um hotspot irá consumir os seus planos de dados. As empresas de telecomunicações, como a NOS, Vodafone e MEO oferecem planos que permitem essas conexões.

Quando se trata do seu fornecedor do serviço de internet, pode escolher a empresa a utilizar, tal como escolhe o seu fornecedor do serviço de comunicações móveis. Os ISPs habituais incluem a NOS, MEO ou Vodafone. Os diferentes fornecedores de ISP oferecem diferentes tipos de internet, tais como dial-up, banda larga e DSL. Entraremos em mais detalhe neste tema um pouco mais adiante, dado que o tipo de conexão que tem também afetará a forma como o seu computador ou smartphone acedem em concreto à interent.

Assim que subscrever um ISP e o seu serviço tiver início, o seu computador receberá um Protocolo de Internet, ou endereço IP. Este endereço, o qual é composto por uma série de números com pontos entre eles, ajuda a identificar o seu computador e toda a sua atividade online.

Quando o seu computador está conectado ao seu ISP e tem o seu endereço IP (isto é habitualmente automático, e não é algo com o qual tenha de, geralmente, se preocupar), pode começar a aceder à internet, a visitar websites, enviar e-mails e muito mais.

O problema é, se alguma parte do sistema tiver uma avaria, você não poderá aceder à internet. E se a velocidade da sua internet estiver demasiado lenta, então inclusive uma simples navegação pode transformar-se em algo entediante, ou pode nem sequer conseguir aceder a determinados websites. Frequentemente, não saberá qual a parte de todo o sistema que compõe a sua conexão é que avariou. E é aí que entra a resolução de problemas.

O que Necessita Saber Sobre os ISPs


É importante perceber que nem todos os ISPs (fornecedores de serviço de internet) fornecem o mesmo serviço de internet em termos de custo, velocidades de download e upload. Todos os ISPs são diferentes, portanto, terá de considerar cuidadosamente os aspetos que são mais importantes para si. Lembre-se, muitos ISPs requerem que assine um contrato mínimo de 2 anos, portanto, tome a decisão cuidadosamente – pode ficar preso ao seu ISP durante algum tempo.

Enquanto avalia as suas opções ISP, não se esqueça de tirar algum tempo para analisar as avaliações dos seus serviços. As avaliações podem dar-lhe informação vital sobre fatores como a fiabilidade, apoio técnico e desempenho geral de um ISP que, de outra forma, pode não chegar a conhecer.

Uma das diferenças mais importantes entre ISPs é o facto de fornecerem velocidades diferentes de download e upload. Essas velocidades têm uma influência direta no quão bem conseguirá navegar na internet, e pode ser um dos motivos da sua conexão de internet se encontrar tão lenta.

Além de considerar a velocidade que um ISP oferece, pense também nos seguintes fatores:

  • Disponibilidade – Antes de fazer demasiada pesquisa sobre um ISP, certifique-se que o fornecer oferece os serviços na sua área. Irá aperceber-se que determinados ISPs só servem certas áreas, e alguns só cobrem inclusive moradas em particular dentro de uma cidade. Não se fie no mapa de cobertura que o ISP fornece, dado que estes não abordam em detalhe os serviços específicos disponibilizados na sua morada. Ao invés, tire algum tempo e ligue para o fornecer para verificar quais os serviços que lhe são disponilizados para escolha.
  • Fiabilidade – Investigue se o ISP é conhecido por ter interrupções frequentes no serviço de internet. Isto pode ser muito frustrante, especialmente se depender da sua internet para trabalhar.
  • Opções de planos e preços – A maioria dos ISPs oferece uma série de planos diferentes. Os planos podem variar nas velocidades e custo. Analise as opções disponíveis e veja se há uma opção que seja correta para si. Se não houver, consulte outro ISP.
  • Contratos – Leia sempre as letras impressas a minúsculo quando considera um contrato de um ISP. A maioria dos contratos requer que mantenha o serviço durante um período mínimo de 2 anos, e podem haver encargos elevados se descontinuar o seu serviço antes do término desse período de fidelização. Também será boa ideia verificar com atenção o que o contrato afirma sobre os encargos – alguns encargos só são descontados durante um determinado período de tempo, e o custo do seu plano pode aumentar assim que esse período terminar.

Há outro fator importante aquando da escolha do seu ISP: é o tipo de conexão à internet que quer ter.

Como é Medida a Velocidade da Internet?


A velocidade da internet pode ser medida de uma série de formas, mas a maioria das medições que verá referem-se a Mbps.

  • Um kilobit por segundo (Kbps) é a velocidade de medição mais lenta que é utilizada. Ela é frequentemente utilizada em tipos de internet desatualizados, tais como modems dial-up.
  • Um megabit por segundo (Mbps) é equivalente a 1000 Kbps. Esta é a medição de velocidade mais comum que verá nos dias de hoje.
  • Um gigabit por segundo (Gbps) é equivalente a 1000 Mbps. Esta medida é associada com redes de alto rendimento.

Quanto maior a medição, mais rápida é a internet.

De momento, foquemo-nos nos Mbps. O que é normal? O que não é normal?

Os contratos de internet oferecidos pelos ISPs são habitualmente escalonados pela velocidade de download. Praticamente em todo o mundo, os contratos começam de um valor a rondar os 3Mbps e aumentam a partir daí para velocidades de 10Mbps, 20Mbps, 50Mbps, 100Mbps, 200Mbps, 500Mbps, e, em algumas cidades, chegam inclusive aos 1000Mbps (1Gbps).

Para ter uma ideia da velocidade da sua internet, terá de considerar como é que está a conectar o seu dispositivo ao seu modem. Os cabos convencionais Ethernet podem suportar tanto velocidades de 100 Mbps como de 1 Gbps (1000 Mbps). Dependendo do quão rápida é a sua conexão à internet ao seu ISP, então quer a conexão de internet ou a conexão Ethernet podem ser potencialmente um ponto de congestão. Por exemplo, se está a pagar ao seu ISP por uma conexão de 500 Mbps, mas está a utilizar um cabo de Ethernet de 100 Mbps para conectar o seu modem, este cabo de Ethernet irá abrandar a sua velocidade de conexão para 100 Mbps, mesmo embora esteja a pagar por uma velocidade mais rápida. Por outro lado, se só pagar por uma conexão de 50 Mbps, mas estiver a utilizar um cabo Ethernet de um gigabit, o cabo será um exagem, porque as suas velocidades de internet do seu ISP são muito mais lentas das velocidades que o cabo consegue disponibilizar.

Não tem necessariamente de usar um cabo Ethernet para conectar o seu computador ao seu modem ou router. Se o seu dispositivo suportar Wi-Fi, como a maioria dos portáteis e smartphones, pode conectar-se ao modem sem fios com o Wi-Fi. Neste caso, terá duas conexões: o seu dispositivo conecta-se ao modem via Wi-Fi, e o modem conecta-se ao seu ISP. Qualquer uma destas conexões poderá abrandar as suas velocidades de internet. Isto significa que terá de certificar-se que escolhe um router Wi-Fi que suporta as velocidades que o seu ISP fornece. Lembre-se, também, que a distância a que está localizado do router também pode abrandar a sua velocidade, portanto, é melhor ter um router que suporta pelo menos duas vezes a velocidade que o seu ISP fornece.

  • Para as redes caseiras, verá velocidades de internet que variam entre 1 Mbps e 500 Mbps.
  • Os cabos Ethernet suportam tanto 100 Mbps como 1000 Mbps.
  • A maioria dos routers Wi-Fi (802.11g) alcança, pelo menos, velocidades de 54 Mbps.

Assim sendo, a velocidade da sua internet é suficientemente rápida? E o que é uma boa velocidade de internet?

Isto é um pouco complicado, pois não há uma “boa” velocidade de internet. A velocidade que funcionará para si depende de muitos fatores, incluindo a forma como utiliza a internet, os tipos de sites que acede, e quanto download e upload realiza. Por exemplo, se navega na internet algumas vezes por dia para ver o seu site de notícias, o tempo, e utilizar o seu e-mail, não tem necessariamente a necessidade de ter as mesmas velocidades que terá um utilizador de internet que carrega muitas fotos, vê diariamente o Netflix, e desfruta de jogos online.

Como Medir as Suas Velocidades de Download e Upload


O seu ISP pode publicitar determinadas velocidades de download e upload, mas isso não significa que a sua internet estará consistentemente disponível a essas velocidades. Os fatores supracitados podem abrandar as velocidades, portanto, é importante que teste manualmente a velocidade da sua internet.

Ao utilizar o Speedcheck obtém uma leitura em tempo real das velocidades exatas da internet que está a receber. O Speedcheck fornece dados tanto sobre as velocidades de download como as de upload, a qual é informação valiosa quando resolve problemas com a sua conexão de internet.

Com o Speedcheck só demora alguns segundos a testar a velocidade da internet. Se suspeitar que as suas velocidades estão a decair durante o dia, então realize múltiplos testes. O Speedcheck registará os seus resultados, para que possa acedê-los e revê-los a todos de futuro no seu histórico. As velocidades mais lentas podem explicar alguns problemas comuns de internet que pode estar a experienciar, e identificar que esse é um problema de velocidade pode ajudá-lo a resolver os problemas que está a vivenciar.

Velocidades de Download, Velocidades de Upload, e Por Que é que Interessam


Falámos um pouco sobre as velocidades da internet, e por agora provavelmente já compreende que as velocidades mais rápidas levam a uma navegação mais rápida e a uma experiência geral de internet melhor. Mas quando está a resolver os problemas de uma conexão de internet lenta e dá por si com a necessidade de executar um teste de velocidade de internet, irá beneficiar de saber um pouco mais sobre as velocidades de internet e como afetam a sua navegação.

Quando mencionamos “velocidades de internet”, estamos na realidade a falar sobre duas velocidades: velocidades de download e velocidades de upload.

A velocidade de download refere-se a quão rápido o seu computador consegue descarregar informação da internet. Quando está a ver um vídeo, a carregar um website (especialmente um que contém inúmeras fotos), ou a descarregar um documento, a sua velocidade de download é o que dita quanto tempo demora cada tarefa.

A velocidade de upload, por outro lado, refere-se ao processo de carregar conteúdo do seu computador para a internet. Quando carrega uma foto, documento, ou vídeo para um website ou e-mail, as suas velocidades de upload afetam a quantidade de tempo que irá demorar.

Quando navega pela internet, a maioria da sua atividade é constituíd por downloads, ao invés de uploads. Devido a isso, muitos ISPs oferecem pacotes que apresentam velocidades de download mais rápidas e velocidades de upload mais lentas.

O utilizador comum de internet não dependerá fortemente das velocidades de upload, mas há algumas pessoas que dependem. Por exemplo, se trabalha com ficheiros grandes, como vídeos ou fotos, e carrega frequentemente grandes quantidades destes ficheiros, então pode necessitar de um serviço que oferece uma velocidade de download mais rápida do que o habitual.

Capítulo 3:Conexões, Modems e Routers

A sua conexão à internet tem um impacto significativo no quão rápido a internet irá funcionar. Com tantos tipos diferentes de conexões por onde escolher, nós fornecemos os destaques que necessita saber para tomar uma decisão informada. Mas a conexão de internet não é tudo – também tem de ter um router capaz de lidar com as velocidades oferecidas pela sua conexão de internet. Incluímos algumas dicas sobre a escolha do router correto para as suas necessidades, para que não abrande inadvertidamente a sua internet.

Modems e Routers

Tipos de Conexão à Internet


Recorda-se como explicámos que o seu computador pode conectar-se à internet numa série de diferentes formas? Estes tipos de conexões à internet também pode afetar a velocidade e funcionalidade do seu serviço de internet. Alguns ISPs oferecem apenas um ou dois destes tipos de conexões à internet, portanto, terá de compreender os próes e contras de cada método de conexão.

  • Dial-up
    O Dial-up foi outrora o tipo mais comum de conexão à internet, embora agora tenha sido amplamente descontinuado. O Dial-up acede à internet através da sua linha telefónica, marcando essencialmente um número de telefone para “ligar” para a internet. Tem de utilizar um modem, e o dial-up é extremamente lente. Adicionalmente, não pode utilizar o seu telefone fixo enquanto está a utilizar a internet.
  • DSL
    Uma linha de subscritor digital (DSL) permite-lhe utilizar tanto a internet como o telefone ao mesmo tempo. O DSL é muitíssimo popular nas cidades, mas pode encontrá-lo nas áreas rurais. É a opção mais comum para aceder à internet nos dias de hoje.
  • Cabo
    Com uma conexão por cabo, o seu computador acede à internet através da conexão por cabo da sua televisão, ao invés de depdendr da sua linha telefónica. Isto significa que pode utilizar tanto a internet como o telefone ao mesmo tempo, e torna o cabo uma popular opção de conexão à internet.
  • Fibra
    As conexões de fibra ótica estão a ganhar rapidamente popularidade, porque a fibra ótica é significativamente mais rápida do que outras conexões à internet. Ela está em crescendo de popularidade nas cidades, mas ainda não está disponível em muitas áreas rurais.
  • Wi-Fi
    As conexões de banda larga sem fios, também conhecidos como Wi-Fi, utilizam uma conexão por fios, como a DSL, cabo, ou fibra para enviar ondas rádio entre dispositivos. Isto cria uma conexão de alta-velocidade, e é utilizada para criar hotspots em bibliotecas, restaurantes e outros edifícios públicos. Pode, como é óbvio, configurar o seu hotspot Wi-Fi caseiro e privado.

Com alguns destes tipos de conexões sendo mais rápidos do que outros, é importante escolher o tipo de conexão mais rápido disponível na sua localização se quiser maximizar a velocidade da sua internet.

A Utilização dos Routers Wireless


O seu computador conecta-se ao seu ISP, e isso dá-lhe acesso à internet. Muito simples, certo? Bem, se decidir utilizar um router wireless para criar um sinal Wi-Fi em sua casa ou negócio, adiciona outro nível de complexidade à configuração – e outro local onde as coisas podem correr mal, e pode abrandar a sua internet. Ainda assim, há inúmeros motivos para utilizar um router wireless em sua casa.

Colocando de forma simples, um router wireless dá-lhe versatilidade no modo como utiliza a internet em sua casa. Sem esse router, tem de conectar o seu computador diretamente ao seu modem utilizando um cabo Ethernet. Está literalmente fixado ao modem, portanto, se tiver um portátil, não pode caminhar pela casa com ele enquanto está a utilizar a internet. Com um router, pode conectar múltiplos dispositivos, como o seu portátil, telefone e tablet, à internet ao mesmo tempo. (A maioria dos ISPs oferece modem que também são routers wireless, portanto, pode não ter a necessidade de comprar um router se for este o caso.)

Os routers wireless são ótimos por vários motivos, mas a sua funcionalidade pode ser afetada por uma série de fatores que terá de ter em consideração:

  • Distância – Quanto mais distante estiver de um router, mais fraca será a conexão. Se tiver uma casa grande, pode instalar múltiplos routers para ajudarem com este problema.
  • Obstáculos – Se houver paredes ou outros objetos a bloquear o caminho do seu router para o dispositivo, o seu alcance Wi-Fi pode ser encurtado. Se estiver a duas ou três divisões de distância do seu router, as múltiplas paredes podem encurtar o alcance Wi-Fi ao ponto de não conseguir conectar-se à internet.
  • Interferência de frequências rádio – Se alguma vez utilizou a internet e se apercebeu que a velocidade desceu de forma abrupta e súbita quando alguém liga o micro-ondas, então experienciou uma interferência de frequências rádio. Como o seu router utiliza ondas rádio para enviar e receber dados, qualquer outro objeto no ambiente que também crie ou utilize ondas rádio – como o seu micro-ondas – pode interferir com o seu router e velocidade da internet.

Se necessita comprar um router, então terá de escolher a opção que se adequa às suas necessidades. Os routers não são todos iguais, e o router pode afetar realmente as suas velocidades de download e upload, abrandando potencialmente o seu computador.

As velocidades do router são mensuradas em megabits por segundo (Mbps); quanto maior a medição, mais rápido é o router. Encontrará routers com velocidades que variam entre os 54 Mbps até routers de alto-rendimento que apresentam velocidades superiores a 1 Gbps (1000 Mbps).

Quanto importa a velocidade de um router? Bem, isso depende um pouco. Comprar um router com uma velocidade significativamente lenta pode abrandar a sua conexão à internet. Contudo, comprar um router que oferece uma velocidade superior do que a velocidade de internet que o seu ISP fornece não irá, na realidade, acelerar a sua conexão. Resumindo, é melhor comprar um router rápido, mas não pense que o investimento em routers de alto-rendimento irá acelerar a sua conexão de internet se o seu ISP não oferecer também essas velocidades de topo.

Há outro fator que deve considerar quando avalia um router: os padrões da tecnologia do router. Os dispositivos de rede wireless, como os routers, são medidos segundo os padrões da tecnologia. Estes padrões são identificados pelos números 802.11, os quais são seguidos por uma letra. A combinação dos números e letra é utilizada para identificar a tecnologia específica que o router utiliza, e isto pode indicar o intervalo de velocidade que o router consegue alcançar.

  • 802.11g é a tecnologia base que encontrará nos routers. É apenas uma tecnologia de 2.4 GHz. Como esta tecnologia é, de certa forma, básica, estes routers só conseguem alcançar velocidades até 54 Mbps.
  • 802.11n é um passo acima na tecnologia. Esta tecnologia de 2.4/5.8 GHz permite que o router alcance velocidades mais rápidas, até 600 Mbps. 802.11ac é uma tecnologia mais avançada. Esta tecnologia de 5.8 GHz faz com que os routers sejam muito mais rápidos, portanto, eles podem atingir velocidades superiores a 500 Mbps.

Se quer avaliar a adequabilidade do seu router para o seu uso, uma das melhores opções é lendo algumas avaliações online. Estas avaliações podem fornecer-lhe conhecimento sobre o desempenho e velocidade de um router. Falando de forma geral, é melhor evitar os routers mais baratos e de baixa-performance, dado que podem apresentar problemas com baixa fiabilidade e fraco desempenho. Entraremos em mais detalhe sobre a resolução de problemas com o seu router mais adiante.

Capítulo 4:Por que é que a minha internet está lenta?

A internet lenta não é apenas frustrante. O problema pode ficar tão mau que a sua internet mal funciona de todo. Se estiver a trabalhar com uma internet invulgarmente lenta pode deparar-se com problemas com websites que não carregam adequadamente ou vídeos que demoram uma eternidade a carregar. Fatores como o seu ISP, a hora do dia em que está a navegar, e o dispositivo que está a utilizar, tudo isso afeta a velocidade da sua internet. Eis uma discriminação de alguns potenciais motivos para uma internet lenta.

 Por que é que a minha internet está lenta?

Fatores que Abrandam a Sua Internet


Embora possa pensar que velocidade da sua internet está perfeitamente boa, há outros fatores que podem abrandar a sua internet, levando a problemas de rendimento, websites que carregam lentamente, vídeos que ficam a carregar durante minutos a fio e outros potenciais problemas.

  • O seu tipo de conexão à internet. As velocidades da internet Dial-up diferem imenso das velocidades que terá com as conexões DSL, fibra, ou banda larga. Alguns tipos de conexões só oferecem velocidades limitadas, portanto, terá de considerar cuidadosamente os seus requisitos de velocidade quando escolhe o tipo de conexão que se adequa melhor às suas necessidades.
  • O seu ISP. Cada ISP oferece diferentes planos que apresentam diferentes velocidades de upload e download. Os planos mais rápidos tendem a custar mais, mas também pode compor uma experiência de navegação melhor e mais fiável. Se estiver a experienciar velocidades consistentemente lentas que não lhe permitem utilizar a internet de forma adequada, a atualização para um plano mais rápido pode melhorar o problema.
  • Hora do dia. A velocidade da internet tende a decair durante as horas em que muitas pessoas estão a utilizar a internet ao mesmo tempo. Isto é um problema comum durante o horário de trabalho. Verá que as velocidades tendem a retornar ao normal durante as horas em que a internet é menos utilizada, como tarde durante a noite ou logo no início do dia, pela manhã.
  • Websites com muitíssimo tráfego. A quantidade de tráfego que um site recebe pode afetar a velocidade da internet que dispõe enquanto navega nesse site. Os sites com muitíssimo tráfego podem ficar lentos e demasiado morosos, e quando são subitamente inundados com tráfego, os próprios sites também vão abaixo. Infelizmente, não há muito que possa fazer para resolver este problema, exceto ser paciente e voltar a tentar aceder ao site mais tarde.
  • O seu dispositivo. Pode ter uma conexão de internet rápida, mas se o seu dispositivo, como um computador, smartphone, ou tablet for antigo, tiver um vírus, ou for um modelo mais básico com velocidades de processamento mais lentas, então isso também resultará em velocidades de navegação mais lentas na internet. Melhorar o seu computador ou experimentar outro computador na sua rede caseira pode ajudá-lo a determinar se isto é a causa da sua internet lenta.

Problemas que Irá Constatar Quando as Velocidades da Internet Forem Demasiado Lentas


As velocidades de internet lentas podem causar problemas com a sua navegação. Estes problemas podem variar entre problemas que serão apenas frustrantes, mas se a velocidade da internet for demasiado lenta, então a sua internet pode, simplesmente, não estar a funcionar corretamente.

Pode vivenciar alguns destes problemas devido às lentas velocidades da internet:

  • Os websites esgotam o tempo de carregamento e não carregam adequadamente.
  • Incapacidade de ver vídeo, ou utilizar o Skype ou Netflix. Os vídeos também pode demorar a carregar durante longos períodos de tempo, e podem aparecer pixelizados.
  • Os sites maiores (frequentemente os que apresentam muitas imagens grandes) carregam lentamente.
  • A resposta das páginas é atrasada quando comparada com a sua escrita ou movimentação do rato.

Se observar estes problemas, pode ter praticamente a certeza que a velocidade da sua internet é demasiado lenta para suportar os seus hábitos de navegação.

Capítulo 5:Reparação de Problemas com a Sua Conexão de Internet

Quando a sua internet deixa de funcionar, quando não consegue conectar-se a um website em particular, ou quando a internet simplesmente não carrega bem, irá necessitar de algumas técnicas de reparação de problemas para chegar à raiz do problema. Devido ao facto de existirem múltiplos componentes em funcionamento que criam a sua conexão de internet, e devido a haver outros fatores, como a velocidade da internet e a funcionalidade do website que podem desempenhar um papel importante, terá realmente de passar por muitos passos para excluir os potenciais problemas.

Eis um guia passo-a-passo para a reparação de problemas com a sua internet lenta ou não-funcional.

 Reparação dos Problemas com a Sua Conexão de Internet

Sinais que Possam Indicar que Tem um Problema com a Conexão da Internet


Provavelmente, em primeira instância, irá observar um problema com a sua internet quando não conseguir conectar-se a um website ou aceder ao seu e-mail. Talvez o website demore um invulgarmente longo período de tempo a carregar, ou receba uma mensagem que o website não pode ser carregado.

Antes de começar a resolver os problemas com a sua conexão de internet, tire um minuto para certificar-se que o website em si não está em baixo. Os websites podem e ficam em baixo, portanto, como por certificar-se do URL que inseriu, e depois visite uma série de outros websites para ver se encontra o mesmo problema.

Também pode ir a downforeveryoneorjustme.com. Este site permite-lhe inserir o URL de um website e verificar se o site está realmente em baixo, ou se é o único que está a ter problemas de conexão.

Se os outros sites não estiverem a carregar, ou se receber uma mensagem informando que não há conexão e internet disponível, ou que não foi possível carregar o site, então, provavelmente, tem um problema de conexão com a internet.

Eis como pode resolvê-lo.

  1. Verifique a Conexão Entre o Seu Computador e o Seu Router
    Para começar, terá de certificar-se que a sua internet está devidamente conectada ao computador. Como é que está a tentar conectar-se – via Ethernet, ou via Wi-Fi? Se estiver a utilizar um cabo Ethernet, então certifique-se que o cabo está devidamente ligado tanto no seu dispositivo como no seu modem. Se estiver a utilizar o Wi-Fi, então vá às definições do seu dispositivo e confirme as suas conexões de rede. Em seguida, procure uma indicação que o seu computador está conectado a uma rede, e que essa rede está disponível. Pode deparar-se com uma mensagem de erro “Sem Internet”, a qual indica que há um problema com a rede em si, ou com a forma como o seu computador está a tentar conectar-se à rede. Desconectar o seu computador da rede e depois voltar a conectá-lo pode, por vezes, resolver este problema. Se ainda não conseguir conectar-se à rede, terá de verificar o endereço IP do seu computador ou do dispositivo. Na realidade tem dois endereços IP: um que identifica o seu dispositivo com o seu modem ou router, e um segundo que identifica o seu modem na internet. Quando falamos sobre identificar o seu endereço IP, estamos a referir-nos ao IP local que identifica o seu dispositivo no seu modem ou router. Está a interrogar-se, “O que é o meu IP?” Não faz mal – é muito simples encontra-lo. Para verificar o endereço IP local do dispositivo, vá às suas Definições. Em seguida, selecione “Rede ou Wi-Fi”, depois selecione “Mais Informação” onde verá o seu Endereço IP se tiver sido vinculado com êxito a um modem ou router. Verifique para certificar-se que o seu endereço IP é válido. O endereço deve ler uma série de números separados por pontos, tal como 192.168.1.104. Se o seu endereço ler 0.0.0.0, isto indica um endereço inválido. Terá de renovar ou reconfigurar o seu endereço IP para conectar-se à internet. A forma como desempenha este processo dependerá do seu tipo de rede de internet.
  2. Certifique-se que o Seu Router Está Conectado à Internet
    Se o seu router não estiver conectado ao seu modem ou à sua internet, o seu computador também não conseguirá conectar-se. Comece por verificar todos os fios no seu router para certificar-se que estão devidamente ligados tanto no router e modem (se o seu router e modem forem separados). Em seguida, dê uma olhada nas luzes no seu router e modem. Uma luz vermelha ou amarela, ou uma luz que está acesa, de todo, podem indicar qual é o problema. Agora, desligue o seu modem e depois ligue-o novamente. Isto ajuda a reiniciar o sistema e, por vezes, resolve problemas de conectividade. Se ainda não conseguir conectar-se, então desligue o seu router e depois volte a liga-lo- Se tiver outro router à mão, pode tentar trocá-lo para determinar se o problema está no seu router antigo. Ainda não consegue conectar-se? Tente ligar diretamente o seu portátil ao seu modem utilizando um cabo Ethernet. Também pode tentar conectar outros dispositivos, como um tablet ou telefone, sem fios. Se conseguir conectar outros dispositivos, mas não conseguir conectar o seu computador, isto pode indicar um problema com a placa sem fios do seu computador, ou com as definições do computador. Contudo, se só conseguir conectar o seu computador utilizando o cabo Ethernet, isto sugere que há um problema com o sinal Wi-Fi criado pelo seu router. Se ainda não conseguir conectar o seu computador ou quaisquer outros dispositivos utilizando os métodos acima, então é possível que o problema possa estar numa interrupção do serviço por parte do seu ISP. Ligue ao seu ISP e explique o problema. Eles devem conseguir dizer-lhe se há uma interrupção a decorrer na sua área.
  3. Uma Nota Sobre a Internet por Satélite
    Se a sua internet é fornecida por uma conexão por satélite, a sua reparação de problemas com a internet pode ser um pouco mais complicada. Os satélites podem ser afetados pela chuva, nave, inclusive por densa cobertura de nuvens. Se a internet deixar de funcionar enquanto está a experienciar mau tempo, é provável que as condições climatéricas sejam a causa do problema. Também pode querer verificar o seu prato, para confirmar que não tem obstruções, e libertar o caminho de qualquer neve que possa ter-se acumulado. Por mais frustrante que possa ser, tem realmente de aguardar que o tempo melhore antes de resolver efetivamente os problemas com a sua internet por satélite. Pode aperceber-se que a internet regressa simplesmente assim que o tempo melhora. O seu ISP pode conseguir fornecer-lhe alguma informação sobre as interrupções na sua área caso o contacte.

Como Acelerar uma Conexão de Internet Lenta


Se está a lidar com uma conexão de internet lenta, estas dicas podem ajudá-lo a diagnosticar o que a pode estar a causar, e a determinar como pode acelerar a internet lenta.

  • Desempenhe múltiplos testes de velocidade da internet ao longo do dia. O Speedcheck regista automaticamente os resultados de cada teste, portanto, pode rever facilmente todos os resultados no futuro. Estes testes de velocidade da internet podem ajudá-lo a monitorizar e a compreender as velocidades reais que têm disponíveis. Se as velocidades forem demasiado lentas, então pode ser útil atualizar o seu plano de serviço da internet ou comprar um router novo.
  • Avalie o seu router. Por vezes, um router lento ou defeituoso pode provocar velocidades de internet lentas e problemas de conectividade. Certifique-se que o seu router não é demasiado antigo ou que não está desatualizado, e que oferece as velocidades que necessita. Experimente substitui-lo por outro router, se tiver um, para ser se faz alguma diferença e acelera a sua internet.
  • Reduza o número de pessoas na sua rede. Se tiver múltiplas pessoas e múltiplos dispositivos, todos a aceder à internet através de uma rede caseira, este consumo excessivo da internet pode abrandar a velocidade. Quando utilizados simultaneamente, os telefones, tablets e computadores requerem maiores velocidades do que pode necessitar se utilizar apenas o seu computador. Experimente reduzir o número de dispositivos que estão a ser utilizados de uma só vez e veja se isso faz alguma diferença. Se fizer, pode necessitar atualizar o seu plano de internet para suportar melhor todos os dispositivos.
  • Experimente utilizar a internet a diferentes horas. Lembre-se, durante as horas de utilização mais movimentadas da internet, as velocidades de internet podem abrandar. Experimente utilizar a internet a diferentes horas quando houver menos pessoas online, tais como tarde durante a noite ou bem cedo pela manhã.
  • Agende estrategicamente os downloads. Se necessitar descarregar um programa grande, agende o download para decorra bem cedo pela manhã, durante as horas de menor utilização da internet. Isto poupar-lhe-á tempo, mas também permitir-lhe-á tirar partido da hora em que as velocidades da internet tendem a ser mais rápidas.

Capítulo 6:O que fazer se nada etiver a resultar

Por vezes, apesar de passar por todos os passos acima, não conseguirá resolver sozinho o problema com a sua internet. Eis alguma orientação para os próximos passos a tomar se não conseguir resolver o problema sozinho.

O que fazer se nada resultar

Problemas com o ISP


Se o problema for com o seu ISP, então os passos para a resolução do problema não funcionarão porque não tem internet disponível no seu computador.

Terá de contactar diretamente a empresa se suspeitar que a fonte do problema é o seu ISP. Habitualmente, passar por um representante local em pessoa resolve mais rapidamente o problema (e por vezes melhor) do que ligar para o serviço de apoio ao cliente ou para o departamento de apoio técnico. Claro, esta é apenas uma opção se tiver um representante local, e se tiver o tempo para fazer a viagem até lá.

Quer acabe por ligar para o seu ISP ou por passar por um representante em pessoa, acompanhe sempre o número do seu caso. Irá necessitar desta informação se tiver de reportar novamente o problema, e isso pode ajudá-lo a poupar tempo durante consultas futuras.

Se a sua internet estiver em baixo durante vários dias, a maioria das empresas dar-lhe-á um crédito pelo tempo de inatividade, mas pode ter de o requisitar. Registe os dias em que esteve sem o serviço, depois contacte o seu ISP para requisitar o crédito para esses dias.

Problemas com o Router


Suspeita que o problema encontra-se no seu router? Muitos routers têm garantias que podem cobrir a sua substituição. Se estiver a trabalhar com um router novo, então contacte o fabricante para solicitar ajuda, não a loja onde comprou o router. Pode necessitar substituir o router por completo, embora um fabricante também possa oferecer-se para reparar um router se este estiver coberto pela garantia.

Quando compra um router, guarde sempre o seu recibo caso necessite ajuda futura enquanto este se encontra dentro da garantia.

Problemas Misteriosos


Ainda não consegue descortinar o que se passa de errado com a sua internet, o porquê das velocidades serem lentes, ou o motivo que o leva a não conseguir conectar-se, de todo? Infelizmente, há muitos pequenos problemas que podem dificultar a sua resolução, incluindo:

  • Configurações incorretas no seu computador
  • Uma rede que não foi configurada corretamente
  • Placas sem fios defeituosas
  • Um router ou modem avariado
  • E mais

Se está a sentir-se frustrado e não sabe o que fazer em seguida, então contratar uma empresa ou um especialista TI pode ajudar. Um especialista TI pode ir a sua casas e resolver os seus problemas de conexão. Eles também podem avaliar o seu equipamento, realizar modificações, configurá-lo corretamente, e realizar sugestões para que possa ter o melhor e mais fiável desempenho da sua rede doméstica. (O mesmo passa-se com os negócios, se estiver com problemas para resolver a conexão de internet no seu negócio.)

Quando se trata de encontrar apoio TI, comece por visitar as lojas locais de reparação de computadores. As lojas podem, inclusive, oferecer estes serviços de apoio técnico, mas ainda que não o façam, eles irão certamente conhecer serviços locais. Ainda precisa de ideias? Então pesquise no seu diretório local de negócios ou no Google para obter ajuda. Os negócios mais pequenos tendem a ser mais acessíveis e mais prováveis de realizar visitas domésticas do que os grandes negócios de TI.

Felizmente, estas dicas para a resolução de problemas podem ajudá-lo a acelerar a sua internet lenta, para que volte a navegar sem grandes contratempos.

Boa sorte!